Não julgando que haja alcançado, mas mesmo assim prossigo

“Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante,
prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.”
Filipenses 3:13-14

Uma das coisas que acredito ser mais fantástico é a perseverança. Precisamos ser perseverantes em não desistir de alcançar. Alcançar aquele lugar dentro de nós mesmos de paz em meio à guerra (como diz a canção da Heloísa Rosa), a canção diz que esse lugar é no Senhor, mas Jesus nos deixa bem claro nos evangelhos que quando entramos em perfeita comunhão com Deus (vivendo conforme sua Palavra) nos tornamos um com Deus, e Ele passa a viver dentro de nós, e então esse lugar se localiza dentro de nós. Mesmo que o mundo esteja desmoronando lá fora, há algo que te mantém confiante de que ficará tudo bem, como uma fortaleza.
Muitas vezes os sal mistas se referem à Deus como uma fortaleza, algo impenetrável, seguro, forte, poderoso, algo que não pode ser abalado ou derrubado. Não deixamos de ser humanos, mas passamos a ter uma visão mais ampla e diferente das coisas. Não há dinheiro no mundo que pague a confiança daquele que está em comunhão com Deus. A Bíblia declara que aqueles que confiam no Senhor além de não se abalar, não são confundidos de forma alguma. Não diz que eles se tornam extra terrestres, ou alienados, mas diz que aqueles que entram em comunhão verdadeira e íntima com Deus acabaram de encontrar a única fortaleza impenetrável.
Todos nós cometemos erros, e diariamente infelizmente, mas se queremos realmente ter algum progresso na vida, devemos dar ouvidos aos últimos conselhos de uma das pessoas mais sábias da Bíblia, Salomão, e ele disse:
“De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem.
Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau.”
Eclesiastes 12:13-14
Paulo disse que ele não julgava ter alcançado, mas que mesmo assim ele esquecia do passado, e prosseguia para o alvo, o pior que erro que podemos cometer não é fracassar em algo, ou perder uma oportunidade, o maior erro que podemos cometer e viver com a mente no passado e parar de prosseguir para o alvo, nesta vida temos ás vezes a impressão de que podemos controlar algo, engano nosso, o máximo que podemos controlar são as nossas escolhas, e até mesmo isso é limitado, precisamos parar com a palhaçada, levantar a cabeça, sacudir a poeira, esquecer o que passou (seja ruim ou bom, se foi bom que bom, mas já passou, temos que viver coisas ainda melhores, e se foi ruim, não podemos deixar com que uma derrota ou fracasso nos prendam de alcançar coisas novas e melhores), e prosseguir em frente, como diz uma canção aqui do Sul: “Não podemos se entregar pros homens, mas de jeito nenhum” (risos).
A escolha é de cada um de nós.
Qual é a sua escolha hoje?
Reflita.

ass: Carla Ribeiro Martins Severo.
08/06/2014
01:04 a.m.

Sobre blogdekarlinha

Amo a Deus acima de qualquer coisa ou pessoa. E Amo aos meus amigos. Curto música, Rock, Ler, cantar, fazer teatro...

Publicado em junho 8, 2014, em Posts variados e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: